segunda-feira, 8 de fevereiro de 2010



Já Abriro As Porta

Já abriro as porta
E agora?
Vão-se embora as morta, das Arurora?
Sol sem graça é esse, nuvens de algodão
Talvez merecesse, em compensação
Umas boa surra
Do Sertão!

License Creative

Creative Commons License
poetasemfuturo by Bartolomeu Alheiros Dias is licensed under a Creative Commons Atribuição-Uso Não-Comercial-Vedada a Criação de Obras Derivadas 3.0 Brasil License.
Based on a work at Não.
Permissions beyond the scope of this license may be available at Não